O que um vídeo precisa para fazer sucesso no YouTube? [GUIA DEFINITIVO]

Por Liliane Machado (jornalista, Content Optimization YouTube e copywriter)


Uma receita de bolo de chocolate, o melhor roteiro de viagem para a Grécia, como consertar a torneira da pia, quanto tempo demora para chegar até a Lua. Isso sem contar aquele canal de notícias, de ficção, de comédia ou de oração. Tudo. Exatamente TUDO, o que você quer ver é possível encontrar no YouTube.


Mas por que alguns vídeos fazem mais sucesso do que outros? Quais motivos levam dois vídeos com conteúdos muito parecidos a terem uma diferença tão grande em relação às visualizações? Afinal, o que um vídeo precisa para fazer sucesso no YouTube?


Um pouco de contexto sobre o Youtube…


Antes de propor algumas respostas às perguntas acima, apresento alguns números. O YouTube foi fundado por Chad Hurley, Steven Chen e Jawed Karim, em 2005, quando os três trabalhavam no PayPal e criaram uma plataforma de namoro. Foi assim que o YouTube começou a ganhar vida. Um ano depois, em outubro de 2006, o trio vendeu o site para o Google por US$ 1,65 bilhão. Desde então, canais e criadores têm ganhado notoriedade ao redor do mundo.


O YouTube é atualmente o segundo site com mais tráfego na internet, e a segunda maior plataforma de pesquisa do mundo, ultrapassada apenas pelo próprio Google. Se na última década o YouTube se tornou um dos maiores gigantes da internet, o que dizer dos anos de pandemia, em que o mundo se refugiou nas telas de celulares, tablets, notebooks e computadores?


De acordo com um recente relatório publicado pela empresa, em 2020 o YouTube alcançou o topo das plataformas que os consumidores dizem não conseguir viver sem. Com a pandemia, 91% dos entrevistados afirmaram ter aumentado seu tempo de navegação do canal e 54% confirmaram que irão usar ainda mais a plataforma.


Os números não refletem apenas o hábito de consumo em relação às visualizações dos vídeos, mas também os canais cresceram em subscrições. Mais de 1.800 canais já contam com mais de um milhão de subscritores.


E, na prática, o que um vídeo precisa para fazer sucesso no YouTube?


Se você escolheu o YouTube para concentrar esforços na publicação dos seus vídeos, parabéns, é uma sábia decisão. Mas fique atento porque o segredo para se destacar na multidão de youtubers não é simples e passa por:

  1. Qualidade do conteúdo

  2. Domínio de técnica

  3. Conhecimento da plataforma

  4. Divulgação em outras redes sociais

  5. Entendimento do que o público espera

  6. Algoritmo

Basicamente, o algoritmo é uma sequência de instruções para a definição de uma tarefa. Isso quer dizer, na prática, que quem gerencia as informações na plataforma precisa, de certo modo, explicar para a ferramenta o que é aquele material e de que forma ele precisa ser distribuído.


Imagine que você precisa contratar uma pessoa para realizar uma tarefa específica de entregar uma encomenda. Você precisará dizer o que tem naquela encomenda, que cuidados o entregador precisa ter, fornecer informações detalhadas para quem entregar, onde, quando, de que forma etc.


Com o algoritmo é mais ou menos assim. Quanto mais informações você “explicar” para ele, mais facilmente ele terá um entendimento de para quem “entregar” o conteúdo. Assim, as chances do seu vídeo ser acessado pelos usuários que buscam o seu tipo de conteúdo aumenta muito. Mas como fazer isso? Veremos a seguir.


Otimização para alavancar seu vídeo no YouTube


O conteúdo sem dúvida é o rei para garantir o sucesso de um vídeo no YouTube, seja ele uma entrevista aprofundada com um especialista em determinado assunto ou até um vídeo engraçado mal gravado e cheio de ruídos, mas que por algum motivo é relevante para um determinado público. Não se trata de super produções bem filmadas e editadas, falamos aqui de cair nas graças do público.


Depois do conteúdo, vem a técnica empregada para otimizar a performance do vídeo dentro da plataforma - incluindo o SEO para YouTube, mas não somente isso. Aqui também precisam ser consideradas:

  1. As thumb nails (capas dos vídeos)

  2. Títulos

  3. Descrição

  4. Tags (palavras-chave)

  5. Cards

  6. Tela final

  7. Divisão de playlists etc

Sim, são muitos detalhes e nada deve ficar de fora. Quanto mais informações assertivas você incluir, mais eficiente será a sua performance.


As palavras-chave são uma das mais poderosas aliadas e devem ser usadas em diferentes momentos:

  1. Na construção do título

  2. Na descrição do vídeo

  3. No campo das tags

É uma forma de orientar o algoritmo e o usuário a se encontrarem no caminho. O usuário poderá chegar até aquele conteúdo buscando determinado tipo de palavra, termo ou frase. E ainda há o fato de que a própria ferramenta sugere os vídeos de acordo com o comportamento e consumo do usuário na internet.


E garanto a vocês que mesmo potentes canais de YouTube ainda deixam a desejar nesses cuidados, que são fundamentais. Com esse trabalho bem feito é possível:

  1. Aumentar o número de visualizações

  2. Aumentar o número de inscritos no canal

  3. Ampliar a comunidade de membros que pagam por conteúdos e serviços exclusivos

  4. Deixar o seu canal bem cotado dentro da plataforma

Aliás, é possível saber se você otimizou bem o seu vídeo com a ajuda de ferramentas alternativas. Com isso, é possível compreender que tipo de ações ainda podem ser feitas para potencializar ainda mais o alcance.


Ajuda extra para melhorar a performance do seu canal no YouTube


extensões e plugins que são aliados poderosos e que você pode utilizar de forma gratuita. Basta fazer o download pelo Chrome, abrir a sua página e analisar as informações. A mais utilizada na otimização de vídeos no YouTube é o VidIQ, que atribui notas ao nível de melhoria, mostra que tipo de recursos você pode usar para divulgar o seu material, e inclusive oferece um checklist destas ações. Existe também uma versão paga e mais completa.


As palavras-chave precisam ser meticulosamente escolhidas. Afinal, é possível aplicar no máximo 500 caracteres, o que pode parecer muito, mas não é. Para escolhê-las é preciso pesquisar numa verdadeira caça ao tesouro. Há sites especializados nas buscas, mas uma pesquisa “investigativa” também é muito útil, como por exemplo os trends do twitter ou então pesquisar em uma guia anônima para acompanhar as tendências de busca do google trends. E essas são apenas algumas das eficientes formas de encontrar as melhores tags para converter em um bem construído SEO para o seu canal do YouTube.


Sucesso no YouTube - menos segredo e mais técnica


Espero que este texto tenha ajudado você a entender melhor porque alguns vídeos fazem mais sucesso do que outros no YouTube. É certo que há muito o que entender da plataforma e ela mesma oferece formações e informações em larga escala, com melhores práticas, compreensão de técnicas e conteúdos que podem ajudar na performance do seu canal.


Vale afirmar que, como em todo negócio, não há receita de bolo, nem super segredos que levam ao sucesso. Mas, sim, o velho e bom hábito da dedicação, investimento de tempo ou a contratação de profissionais que podem ajudar você a obter melhores resultados. Uma coisa é certa: se a sua marca ainda não tem um canal no YouTube, está perdendo um poderoso espaço na vitrine e na busca por clientes.

5 visualizações0 comentário